INERTIZAÇÃO E DESOXIGENAÇÃO

A inertização das cubas impede o contacto do ar com o vinho; a desoxigenação permite retirar o oxigénio, quando nenhuma técnica simples evita o contacto vinho/ar. Durante a trasfega de um vinho, contendo por exemplo 4mg/l de oxigénio dissolvido (transporte de vinhos brancos, filtração,...) poder-se-á, com a ajuda desta tecnologia, diminuir o teor de oxigénio para um valor inferior a 1 mg/l.



No tempo, o vinho vai manter assim a sua frescura e a sua fracção frutada, comparado com o seu homólogo que não sofreu esta operação. A desoxigenação consiste na injecção de bolhas de azoto no vinho. À medida que progridem no líquido, enriquecem-se de oxigénio do qual nos queremos desfazer no vinho.



A aplicação desta técnica é simples: a ligação efectua-se à saída da bomba e a operação é realizada com uma simples trasfega do vinho, de uma cuba para a outra. Exige apenas alguns minutos de instalação (caso esta não se encontre fixa na adega) e é quase imperceptível o seu uso, numa operação como uma simples trasfega.